Jorge Alberto Nabut lança 'O Círculo dos Bastidores'

07 de maio de 19
1 / 1

*Divulgação


Depois de estrear com as experimentações de Paisagem Provincial (1984), no qual se inclui o longo “Branco em Fundo Ocre: Desemboque”, o jornalista Jorge Alberto Nabut continuou editando poesia. Investiu na sensualidade e na sexualidade em Sesmarias do Corpo (1986), com fotos ilustrativas de Ramon Magela.


Aproveitando a oportunidade, rara por sinal, de editar um livro, publicou, em 2010, numa só edição, vários títulos: Well Gin, Cartas Abertas, Romanceiro de Sirça, Chopinianas, A Casa das Três Janelas, adaptado ao teatro por Emílio Rogê, além dos já citados Paisagem e Sesmarias. Levou ao limite a experimentação formal com O Livro das Chuvas (2016), publicado com recursos do Fundo Municipal de Cultura.


Ao lançar O Círculo dos Bastidores, já dispõe aos possíveis editores os inéditos Advérbio de Lugar e Carícia Imaginária.



No campo da história, publicou Coisas que me contaram, Crônicas que escrevi (1978), Desemboque: Documentário Histórico e Cultural (1986), Fragmentos Árabes (2002), Corredor dos Boiadeiros (2014), tendo inédito, Registros Ferroviários, que será lançado no segundo semestre de 2019.


Em O Círculo dos Bastidores, pelo qual responde também pela concepção visual, o autor confronta e dialoga com os trabalhos manuais herdados de sua mãe, Mariana Abdanur Nabut, que bordava à máquina. E a máquina de costura e de bordar é fruto da Revolução Industrial, que alavancou a economia e o progresso da Europa e dos Estados Unidos, no final do século XIX, juntamente com outras invenções, da maior importância.


Os dois trabalhos – dos bordados, fotografados por Ramon Magela, e do poeta – se miram e se refletem nas páginas do novo livro. Entre outras ilustrações, raras – uma delas é da famosa revista A Estação, do século XIX, e gravuras adquiridas de “booknistas”, livreiros que trabalham à margem do rio Sena, em Paris –, o autor também recorre às imagens do Livro Singer de Bordar à Máquina (1930), utilizado por sua mãe quando aluna do curso de bordar.


No lançamento, o livro será apresentado pelo poeta Eduardo Veras, doutor em Literatura Comparada e professor do Departamento de Estudos Literários da UFTM.


Nesta edição, o autor conta com quatro parceiros: Universidade de Uberaba, Codau, ABCZ Mulher e jornalista Ellen Gomes. O livro é editado pela 3P, em quatro cores, papel vergé e capa dura. Um presente perfeito para o Dia das Mães.


A venda dos 50 primeiros exemplares será revertida para a Vencer – Associação de Combate ao Câncer de Uberaba. Custo do exemplar: R$ 100,00.


_______________________________


O Círculo dos Bastidores
Lançamento: 9 de maio, às 19h30
Sala Cecília Palmério - Uniube, Campus Centro
Avenida Guilherme Ferreira, s/n