Extensão: Fiel Camarada desenvolve atividades em escolas

09 de maio de 19
1 / 5
2 / 5
3 / 5
4 / 5
5 / 5

O programa de extensão Fiel Camarada é realizado por meio do curso de Medicina Veterinária e do Programa de Pós-graduação em Sanidade e Produção Animal nos Trópicos, da Uniube, em parceria com a Prefeitura de Uberaba, através da Pró-Saúde. O objetivo é promover a conscientização de alunos do 5º ao 9º ano de escolas municipais sobre castração, cuidado animal e a guarda responsável. 


Para a aplicação prática do projeto, universitários e professores, juntamente com representantes do Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias, realizam visitas em escolas previamente agendadas. No local, são esclarecidas dúvidas dos estudantes sobre o tema e são entregues cartilhas explicativas sobre posse responsável. “Atualmente, o controle de animais de estimação é reconhecido como necessário, seja por questões de saúde pública, envolvidas no contexto da convivência humana, seja por questões de bem-estar animal. Por isso, nosso público alvo são alunos do ensino fundamental da rede pública de ensino, pois eles possuem a capacidade de difundir esse conhecimento entre seus familiares, podendo contribuir para a disseminação da necessidade de castração dos animais”, analisa o coordenador do projeto, professor e veterinário Ian Martin.


O Fiel Camarada é um projeto de extensão e, como tal, visa unir o ensino e a pesquisa de forma indissociável, ao mesmo tempo em que reforça a realização do papel social da universidade. “Assim, projetos de extensão, tais quais campanhas de conscientização de esterilização de animais, firmam um dos papéis da universidade, que é o de servir, divulgar e expandir o conhecimento gerado para a sociedade em geral. ”, conclui Martin.


Além disso, o projeto auxilia na formação dos alunos, como fonte de aprendizagem prática e social. A aluna Gabriela Borges, do 9º período de Medicina Veterinária, compartilha que essa experiência é uma chance única. “A melhor parte de trabalhar com crianças é que a gente aprende tanto quanto ensina. Eles são muito inteligentes, têm dúvidas que a gente nem imagina que eles teriam. Trazer o nosso conhecimento para essas crianças, algo que é fora da realidade deles, é muito importante. Além disso, criança passa informação para pais e familiares. Eles crescem e disseminam a informações que a gente compartilha.”.