"Amizade Compatível" avalia atividades desenvolvidas em 2021 e divulga novidades para 2022

11 de janeiro de 22

Janeiro é mês oficial de fazer o levantamento das atividades realizadas ao longo do ano que encerrou e já começar a se preparar para o ano que mal começou. Com a equipe do Projeto de Extensão da Uniube "Amizade Compatível ? Uma doação para a vida", não foi diferente. Nesta semana a coordenadora dos projetos de extensão, professora Maria Theresa Cerávolo Laguna Abre, comemorou a participação do projeto no Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, realizado em dezembro e já almeja novas atividades para 2022, como a formação da segunda turma do curso "Formação humanizada para doação de sangue e de medula óssea".


De acordo com a professora, três trabalhos do "Amizade Compatível" foram aprovados e apresentados no Congresso, que é considerado o terceiro maior da área em todo o País. O evento reuniu médicos, residentes, estudantes, biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, entre outros profissionais da Saúde.


Os trabalhos apresentados foram desenvolvidos por alunos do curso de Medicina e extensionistas do Amizade Compatível e tratam de atividades trabalhadas ao longo de todo o ano de 2021. São eles: "Intenção do atirador do Tiro de Guerra para a doação de sangue e ao cadastro para doação de medula óssea"; "Conscientização para doação de sangue e cadastro para doação de medula óssea em período de interações sociais limitadas"; e "Conscientização lúdica da importância da doação de sangue a partir de jogo infanto-juvenil".


De acordo com Maria Theresa, a participação de alunos extensionistas em congressos nacionais tão relevantes é de extrema importância para o crescimento profissional deles, além de mostrar a dedicação e o compromisso da Universidade com os trabalhos de extensão. "O aluno extensionista tem uma formação diferenciada. Ele correlaciona o que aprende na sala de aula com o que vivencia na comunidade de maneira prática. Percebe as necessidades do próximo e assim, interage ainda mais com seus colegas e pessoas da comunidade. Desenvolve um espírito curioso e, a partir disso, relaciona dados e apresenta em eventos, os resultados", compartilha a coordenadora.


Em virtude dos dados apresentados nos últimos anos, outros 14 alunos extensionistas também puderam participar do Congresso como ouvintes, de forma gratuita e assim, gerar conhecimentos para a formação acadêmica.


Formação On-line


Em 2022, o Projeto "Amizade Compatível ? uma doação para a vida" completará 7 anos de atuação na Universidade, com alunos extensionistas do curso da Saúde, principalmente do de Medicina. Nos últimos anos, o Projeto atendeu a escolas, associações e à comunidade em geral, realizando a formação humanizada para doação de sangue e medula óssea.


No ano passado, um marco para o "Amizade Compatível" foi a oferta de um curso gratuito, com o objetivo de formar novos doadores humanizados. A expectativa é que a segunda turma seja aberta em 2022. "O curso foi desenvolvido on-line e de forma gratuita para alunos dos cursos de Educação a Distância, visando atender ao anseio apresentado em pesquisa anterior sobre a vontade deles em conhecer mais sobre a doação de sangue e medula óssea. A oferta para a segunda turma está prevista para esse ano, a fim de que a gente cresça nossa cadeia de doadores humanizados que saibam repassar as informações e a importância referente às doações voluntárias", finaliza Maria Theresa.