O livro A construção do mito Mário Palmério explica a complexa ascensão profissional, social e política do professor, político e autor de Vila dos Confins e Chapadão do Bugre – romances seminais da literatura regionalista brasileira.

O livro é resultado de uma extensa pesquisa de doutorado em História do professor e pesquisador André Azevedo da Fonseca, realizada na Unesp.

O historiador não foca o famoso escritor, mas o jovem Mário Palmério, um ambicioso professor que, no decorrer dos anos 1940, se tornaria um poderoso empresário da educação, seria eleito deputado federal pelo PTB de Getúlio Vargas e alcançaria o status de mito político regional.

Visite aqui o site do livro

Este é um número especial, dedicado ao Professor Mario de Ascenção Palmério, nesta significativa data dos seus 100 anos de nascimento – 1916/2016.

Bem de acordo com sua visão privilegiada, capaz de detectar oportunidades onde a maioria só percebia impedimentos, uniu-se aos primeiros pensadores desta academia, tornando-se sócio-fundador na cadeira de número 20, onde escolheu o poeta João Simões Lopes Neto como patrono da cadeira que o torna imortal.

Além disso, a produção literária de Mario Palmério foca a sua região e seus costumes, sendo, ele também, reconhecido como um escritor regionalista.

Visite aqui o site da Revista